aurélia-e-as-couves-flor

alguidares voadores, molas da roupa, alfaces, frigideiras de loiça e penicos azuis

quinta-feira, junho 21, 2007

Exposição de Pintura


Vou expor três dos meus quadros numa exposição colectiva sob a orientação de 'Anabela Faia', a minha professora de pintura. O nome do evento é "Abordagem" e a inauguração toma lugar no prox sabado, dia 23 junho, no Complexo Social das Forças Armadas em Oeiras (mais conhecido como "os velhos"), em frente ao Liceu de Oeiras.
Estão convidados a aparecer. Teria muito gosto que fossem à inauguração, mas se não puderem e se estiverem interessados em ver a exposicão, até dia 8 de Julho podem lá dar um saltinho.

Há convites, mas são simbólicos, é livre de entrar quem quiser! lol!

domingo, janeiro 28, 2007

os acontecimentos do ano passado davam um livro mta bizarro!

"la la la, forever young, I want to be forever young" yep, claro, so se fosse para a terra do nunca e usar um penico na cabeça como ao peter pan! Olha, se calhar reencontrava-me com o capitão gancho, que o ano passado chegou a assistir a uma aula nossa (consta da folha de presenças).
Couves queridas, quero-vos agradecer este momento virtual que para mim vai ficar para a história!
Diomira (era esse o nome ontem, nao era? ou seria Desidéria? ah, não, esse era o nome da virgem guerreira!) quero-te enviar um agradecimento especial... digamos que nem todos se dão ao luxo de serem filhos da sofia alves, comer couve-flor e bróculos crus, ficar a noite inteira a conversar de fantasmas... casamento... pirâmides... ETs... de ver crianças no meio do nevoeiro em s. bernardino, berros no carro, coreografia improvisada para a "From sarah with love", sei lá que mais! ah! homens de camisa branca, gritar "mãe, quero isto" em pleno intermarché da lourinhã, e a lista continua, como a nossa mega conversa de messenger, aposto que dava para escrever uma tese... eram ainda umas 60 pgs no word n era?!
Francisco, não é toda a gente que me fotografa em frente a uma porta de alumínio numas obras na vila de sintra, nao é vdd?! e em relação à cónica, fiquei feliz só por terem passado os três, e de ter recebido um kit de pintura a óleo sem óleo :)
Natércia, nem sei que diga... bairro alto/santos será suficiente? ou fiat punto, 3 da manhã, nos jardins da parede sem bateria, ou que tal bonecas de porcelana e vinhas?! hmmm Será que algum dia seremos normais? santa do relógio
Sandrete! O nosso memorável lanche no lidl depois de ver a brilhante exposiçao de fotografia (basicamente so mudava a cor do ceu, ora amarelo, ora vermelho) e da tenda de casamento! yummy moedinhas de chocolate! sonho estranho... a nao festa da espuma!
Ricardete, "plim" setinhas entrada centro comercial, shakira shakira! Não querias ir à piscina da joana? tive que ser eu a despir-te as calças... foi nesse dia que descobri que os botoes das raparigas e dos rapazes desapertam ao contrário! lol
Joaninha! minha querida vizinha, com quem já tive as mais inesquecíveis conversas no carro! que chego a visitar mais que uma vez no mesmo dia, por questoes profissionais!
Nadia, que juntamente com a joana formamos o trio maravilha rejeitado! lol Mozkito parazito tontito! que nos mostra a quinta, a estrlinha (natércia versão cavalo), a princesa, o pato de plástico! coelho, ovelha, joelho, vermelho hihihi! nem toda a gente chora e calha depois na mesma turma!
gilete! as nossa trocas de videos na net seguidos de dias de gargalhadas!
madalena, aquele corte de cabelo na faculdade foi inesquessível!
patrícia! k100! desvio escrito ao contrário, deixa de haver sinais a dizer IC19, vi-me às aranhas, ou às formigas para saír de lá! formigas... doce... doce... brownies! os melhores brownies da minha vida, servidos em pratos de barro! ah, e um trabalho de fotografia com uma tendência porno!
picareta! deves ser a unica pessoa que me anda para aí a apertar os mamilos e puxar os pêlos! ameixinha, hei de te embebedar um dia destes! hehehe!
luís andré, conversas no messenger sem teclado, só com rato, do melhor!
daniela... piqueniques em peniche, jantar asiático com condimentos trocados, os abomináveis homónimos!
simão, um senhor foi a uma loja e pediu... ? (conta lá o resto!) Eu sou uma bruxa má! akuna matata!
Sei que falta gente... e aposto que as pessoas que nao enumerei me vao bater... como a joana alves e o seu churrasco, a sofia, vizinha da minha querida amiga raquel, salgueiro que nunca compareceu nos meus eventos sociais, alex nunca te vou perdoar por teres comprado uma mala igual à minha (ok perdoo, so porque é sinal de que tenho bom gosto!), filipa... cadé as carlas? ok Inês, couve recente... momentos inesquecíveis no liceu de oeiras! que tal aulas de ópera à porta da sala de aula de história... acho que aprendi também uns passinhos de dança! inês, és tu a culpada do movimento "dança do ventre" (o truque está nos joelhos), tiago, que também vai a todas, mas este anos nao foi... e por isso nem falou em verso nem andou aos pulos e pinotes no bairro alto, nao é vdd sr tiago?! ok pronto,como vêm falei de voces, já nao me podem espancar nem matar por n ter falado em vcs... ok ainda falta gente...

ok pessoal, ja chega de divagaçoes, deixemos isso para o professor de desenho, quero agradecar a todos todos, os que foram ontem, os que nao foram, os que me aturam e a aqueles a quem eu aturo... (ok, vem aí a frase bimba feita) não seria a mesma pessoa sem vocês! "uma cambalhota por dia, nem sabes o bem que fazia!"

gosto muito de vocês todos, assim bem verdinhos! (se bem que as couves-flor nao sao verdes)

b.noite (ok, private pra uma pessoa mto especial :))

Uma Mente Brilhante

Daniel, muitos parabéns!!
Espero que o evento social do ano (acontecimento ao qual não pude comparecer infelizmente...) tenha sido realmente fantástico, pois se há alguém que o merece é aquele que (como o próprio admite) ‘vai a todas’!
Dei por mim a pensar em ti e começaram a pairar à volta da minha cabeça (uau…!) uma série de perguntas e constatações:
Que seria de nós (turma, ex-turma e mais um sem número de Anonymous-que-te-mandam-os-parabéns-em-hebraico-na-Aurélia) sem o Daniel? Que seria da Arquitectura sem ti? Que seria das couves, dos blogues, das cirurgias estéticas, do padre 'contente' da Pequena Sereia ou da 'Zazá Dion’, sem ti? E as obras-primas em esferovite? As boas notas em projecto (e não só…), os penteados malucos (“quem lhe fez essa maldade?”), as explicações de geometria cónica (ficarei eternamente em dívida!), as festas, as maluquices? Os quadros, a criatividade, a esferovite engessada (algo que nunca esquecerei!), a ‘sala discoteca’ em tua casa, a ida a Sintra, as gargalhadas, o ‘cocó’ (algo sempre presente), o Fiat Punto, o sentido de observação, a torneira-que-jorra-água-mesmo-estando-a-flutuar-no-ar, as maquetes quase sempre enormes e, especialmente, a ‘maquete-vomitado-de-cereais’? Alguém imagina o que seria de qualquer um de nós sem o Daniel?

PARABÉNS SIAMÊS!

Bem, se eu fosse a recitar os acontecimentos ao longo deste ano ficava aqui semanas a escrever de tantos a tão variados que foram!Realmente, nem sei como pode acontecer tanta coisa em tão pouco tempo!Divertimo-nos tanto!!!A quantidade de parvoíces dava pa fazer um programa de televisão e ainda destronávamos a julinha pinheiro, já para nao falar no nosso talento inato para a dança e do teu para cantar(nesse ramo só sirvo pa manager!). Ainda temos que ir dar um passeio pela avenida das loiças sanitárias! ("tou só a limpar o poliban"!)
Epa tem sido muito divertido e aInda bem que ficámos tao amigos e tão rápido!Diverte-te seu parvalhão!
"beijaços aos pedaços" meus, da sofia alves, da leninha, da rabeca e aqui da tua amiga ana mamalhoa! PARABÉNS

sexta-feira, janeiro 26, 2007

O Amor Está No Ar

Não tenho as honras deste achado... Mas!!! "Impõe-se"!

Agradeço ao nosso colega L.A por ter trazido este tesourinho para a aurélia. (sugestão para o correcto usufruto do tesourinho: aumente o volume, recoste na cadeira e ouça calmamente, a parte da calma é muito importante).


http://www.youtube.com/watch?v=fHt3D0XjzXM
E cito: "A minha flor está pronta para ser polenizada"

ahahah

'Oba'! O teu post despertou-me a "colheita" de fotografias que tenho armazenada, depois de um belissimo ano verde. Partilho com o Mundo (ok... com vocês) uma selecçãozita:



Couves aos Molhes.




Couve-Velocidade-Furiosa.



Não é um vegetal de quintal, cresce por entre a lezíria, mas se fosse seria, concerteza, a Couve-Metafísica.

Couve-Ângulo-Hi5.

quinta-feira, janeiro 25, 2007

Couves do Quintal Parte1


As duas couvinhas apresentam os novos vegetais da quinta.
Esta senhora, é que tem mantido as couves da aurélia bem verdinhas! :X


Pois é Francisco ;) Aquele menino ali ao fundo, acaba de fazer aninhos!
Parabéns!

Mais fotos virão...
I'll be back...

PARABÉNS FRANCISCO!

Hoje uma couve da horta faz anos!Parabéns Francisco!Foram blogs, dias festivos que não existem no calendário, jantares, quedas, situações hiper embaraçosas, stress, muito stress, saídas, almoços de cantina, sessoes fotográficas( ;) ), convivência com travestis antipáticos, conversas "arquitecturais"...e já se passou um ano!Ainda bem!Ainda bem que temos amigos! A idade não passa por nós! Uma grande vénia e respeitosa saudação! Epá e contínua assim, divertido, desastrado, sempre descontraído e com as maiores pestanas do mundo looool!
cumprimentos e mais uma vez PARABÉNS

domingo, janeiro 21, 2007

abençoada DIRECTA

Quem disse que directas a trabalhar são más?É apenas necessário abrir os olhos!Felizmente ainda existem janelas mágicas..

11/12 de janeiro, nascer do sol em Vila Franca de Xira visto da janela ao lado da minha mesa de trabalho."Há coisas fantásticas não há"?(foi a meia hora mais bem passada de toda a noite!)

sexta-feira, janeiro 19, 2007

a jornada do rei TUSSAS (parte I )

O começo da odisseia, Tussas, um pobre menino que vivia num avançado de uma rolote na costa da caparica, é de repente tornado rei ao arrancar um garfo de um delicioso big mac: o rei Tussas. Aqui começa a lenda de um ser superior (à volta de 2metros) e com grande falha capilar. Uma jornada que ficará para a história, uma viagem através do tempo, das épocas festivas e do meu caderno de CAC do primeiro semestre de arquitectura. Tussas, o rei!
autoria: revoltadasceroulas (os segredos de um caderno de Cultura da Arquitectura e da Cidade!foi um bonito semestre)









a jornada do rei TUSSAS (parte II )

autoria: revoltadasceroulas (caderno de Cultura da Arquitectura e da Cidade- 1ºsemestre-1ºano!)







segunda-feira, janeiro 08, 2007

Rendo-me ao arrabaldanço.

ANJOS DO ARRABALDE

O Arrabalde surge quando o Homem quiser, ou menos espera!
(A história de três professoras que dão aulas na periferia de São Paulo, e são obrigadas a conviver com a pobreza local e a violência.)


Aurélia e os arrabaldes

Tal como a Madalena definiu "arrabalde" ("os arredores dos arredores"), vamos todos ARREDORAR-NOS de geografia e ver se nos ajudamos todos um bocadinho. Aqui vai a lista dos Nomeados para a Melhor frequência de geografia do ano passado:

Francisco - perguntas 1,2,3,4
Joana - 5,6,7,8
Ricardo - 9,10,11,12
Daniel - 13,14,15,16
Nádia - 17,18,19,20
Natureza - 21,22,23,24
Sandrete - 25,31,32,33
Alex - 34,35,36,37
Magali - 38,39,40

Convinha que estar tudo pronto ainda até ao final da tarde.
O mail para onde temos de mandar as respostas é arquitectura2b@hotmail.com.
Beijinhos e abraços do Francisco

sábado, janeiro 06, 2007

A Aurélia, Os 3 Reis Magos e O Lápis

HUUUMM! Memórias!

Lápis faz-me lembrar COR.

Cor lembra: estava eu noutro dia num taxi na Avenida da Liberdade...
Quando o taxista diz:
"É pááá, esta iluminação está muito triste... só azul! Bonito era quando punham aquelas cores todas!"
Eu até lhe respondi:
"Quando eu acabei a tropa (lá antes do 25 de abril) (aquela malta era toda um bocado... he he he)" ....
Olha, foi quando comprei estes slides!

A cor... isto têm muito que se lhe diga!!!

(porque recordar é viver)

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Um DESTAQUE ao DESTAK

E passo a citar:

"Bom Natal

Se na noite de Consoada estiveres acompanhado pelos que amas, se a teu lado o amor e carinho fizerem dessa noite a mais mágica do ano, então estás em paz. Se no último dia do ano olhares para o céu e puderes ver os 365 dias que terminam desaparecerem, desfazendo-se no ar, e se olhas o novo ano como o fogo-de-artifício, pleno de cor, pleno de força e sonhos possíveis, então estás em paz. Porque a vida nunca é aquilo que ambicionamos, mas encontramos nas pessoas mais humildes, naquelas em que menos se esperaria, essa tal paz que apenas alguns conhecem. Se o teu Natal for triste e desamparado, se 2007 não te encontrar de mãos dadas com alguém, então que Deus, que todos os deuses te dêem as forças necessárias para descobrir aquela centelha de luz que nos leva por diante. Esta é a época do ano em que a alegria é mais genuína, a tristeza mais triste e a solidão mais pesada. Mas por mais difícil que seja este momento que passamos, pensemos naqueles que estão acamados num hospital, os condenados ao sofrimento e a uma partida marcada. Que possamos dizer daqui a um ano: Errei, mas tentei. Fiz aos outros aquilo que gostaria que me fizessem a mim (...!). Amei e fui amado, Amei e não fui amado e sofri e sobrevivi. Recebi benesses e fiquei grato. Recebi desilusões e consegui forças para continuar a acreditar no ser humano. Seja qual for a força superior em que acreditas, olha para a vida como uma dádiva e agradece estares hoje aqui. Luísa Castel-Branco"